Jeitinho Pedagógico

"Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina". (Cora Coralina)

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Projeto Sítio do Pica-Pau Amarelo

Projeto Sítio do Pica-Pau Amarelo






Resgatar a cultura e reavivar valores culturais esquecidos no tempo, é tornar viva a identidade de um povo, é restaurar suas raízes.
Este projeto tem como objetivo propor o desenvolvimento de um trabalho pedagógico coletivo envolvendo as turmas de Educação Infantil e Séries Iniciais do Ensino Fundamental, a fim de instigar a curiosidade e o prazer da leitura, abrindo espaço permanente para suas colocações proporcionando assim a interação e a socialização dos mesmos.
Ao permitir a interação entre os indivíduos, a leitura não pode ser compreendida apenas como a decodificação de símbolos gráficos, mas sim como a leitura do mundo, que deve ser constituída de sujeitos capazes de compreender o mundo e nele atuar como cidadãos. Desta forma, a interação leitor-texto se faz presente desde o início de sua construção.
Vislumbramos em Freire (1989) este olhar sobre leitura quando nos diz que a "leitura do mundo" precede a leitura da palavra, ou seja, a compreensão do texto se dá a partir de uma leitura crítica, percebendo a relação entre o texto e o contexto.
Dessa forma é preciso que todos estejam envolvidos e abertos ao “novo” para oferecer um conhecimento saudável. A promoção de atividades que visem o bem estar da criança são fatores fundamentais na construção de saberes e formação consciente do homem.
OBJETIVOS

Geral:
Ø  Desenvolver um trabalho pedagógico coletivo envolvendo as turmas de educação infantil e ensino fundamental, a fim de instigar a curiosidade e o prazer da leitura, abrindo espaço permanente para suas colocações proporcionando assim a interação e a socialização dos mesmos.

Específicos:
Ø  Fomentar o prazer pela leitura;
Ø  Despertar no educando a consciência de si enquanto ser histórico e individual, reconhecendo que suas contribuições somam ao desempenho do grupo;
Ø  Contribuir para a formação de valores que proporcionem a convivência social harmônica;
Ø  Desenvolver a percepção auditiva e a imaginação;
Ø  Valorizar a cultura popular que se manifesta por meio da literatura de Monteiro Lobato;
Ø  Instigar a curiosidade dos alunos;
Ø  Socializar os conhecimentos por meio de apresentações, relatórios, entre outros;
Ø  Levar a literatura de Monteiro Lobato ao conhecimento das crianças para demonstrar a importância da leitura na vida e no cotidiano de todos.










METODOLOGIA

            Para iniciação desse projeto serão utilizadas as seguintes metodologias:

·         Fazer um levantamento prévio das informações que os alunos já sabem sobre as obras de Monteiro Lobato e o que eles querem saber;
·         Levantamento de suas principais obras;
·         Apresentação da biografia do autor;
·         Roda de leitura;
·         Contação de histórias: As reinações de Narizinho; As caçadas de Pedrinho; As aventuras de Emília;
·         As Reinações de Narizinho: fazer relação entre essa obra e a pesquisa: rio de contas; questão orientadora: o que está acontecendo com nosso rio?; Buscar compreensão e conscientização da importância das águas dos rios em nossas vidas; lixo no rio; poluição do rio; Importância da água, etc;
·         Reconto de histórias e produções textuais;
·         Pesquisas;
·         Jogos de adivinha: cartelas com frases dando as pistas, cartelas com os nomes dos personagens e o desenho;
·         Músicas relacionadas ao tema: análise da letra das músicas;
·         Confecção de álbuns dos personagens;
·         Confecção de máscaras dos personagens;
·         Relatórios orais e escritos;
·         Registros ( atividades e fotos);
·         Dinâmicas de grupo;
·         Brincadeiras;
·         Trabalho em equipe;
·         Socialização dos trabalhos em grupo;
·         Teatrinho com fantoches;
·         Dramatizações.

RECURSOS

            Para o desenvolvimento do projeto serão utilizados os seguintes recursos:

  • Literaturas: obras de Monteiro Lobato;
  • Textos impressos: informativos e histórias;
  • Papel ofício;
  • Piloto;
  • Hidrocor;
  • Lápis;
  • Borracha;
  • Papel madeira;
  • Cartolinas coloridas;
  • Emborrachados coloridos;
  • Fantoches;
  • Casinha de fantoche;
  • Roupas de personagens;
  • Máscaras dos personagens;
  • Cd;
  • Aparelho de som;
  • Caixa amplificada;
  • Microfone;
  • Máquina fotográfica digital.
 
AVALIAÇÃO

            A avaliação será contínua, levando em consideração os processos vivenciados pelas crianças através de sua realidade e do trabalho intencional do professor.
            A mesma servirá de instrumento para reorganização de objetivos e metodologias, como forma de acompanhar e conhecer cada criança e o grupo.


CULMINÂNCIA

            Apresentação de diversas dramatizações e coreografias relacionadas ao tema no auditório da escola.


REFERÊNCIAS

FREIRE, Paulo. A importância do ato de ler em três artigos que se completam. 23ª. ed. São Paulo: Autores Associados: Cortez, 1989.
LOBATO, Monteiro. Reinações de Narizinho. 48ª ed. São Paulo: Brasiliense, 1993.
SOUZA, Renata Junqueira de. Narrativas Infantis: a literatura e a televisão de que as crianças gostam. Bauru: USC, 1992.






2 comentários:

  1. Gostei desta sua proposta, principalmente porque as dificuldades de leitura e escrita são frequentes em nossas escolas. Ofertarei sua proposta aos docentes com que trabalho como sugestão.

    Beijos,
    Elisangela Gama.

    ResponderExcluir
  2. Ok Elisângela. Tenho outras propostas muito interessantes de Projetos Pedagógicos, depois estarei disponibilizando a vc.

    ResponderExcluir